Você sabia que as dores nas costas ou na cabeça podem estar relacionadas a sua mastigação e respiração?

O início do desenvolvimento da mastigação se dá na amamentação que pode sofrer influência da respiração quando estiver irregular (Respirador Bucal).
O modo natural de respirar é pelo nariz que promove o correto equilíbrio de forças musculares entre a língua e a bochecha (mantendo a correta forma do arco dentário).
A respiração bucal promove desequilíbrio das forças musculares deformando o arco dentário em “V” acarretando uma deglutição atípica (engolir errado).
Assim, causa contato prematuro entre os dentes desequilibrando a mastigação fazendo com que a mandíbula se desloque para trás deslocando o disco articular para frente.
Quando esse deslocamento acontece, ocorre também um contato direto entre os ossos comprimindo a região bilaminar altamente inervada e vascularizada podendo ocasionar um som de clique, dor nos músculos mastigatórios da cabeça e enxaqueca. Esse processo é muito conhecido como ATM (Disfunção da Articulação Temporomandibular).
Com a mastigação incorreta, ocorre o desgaste da superfície mastigatória dos dentes. Além de piorar a condição geral de integridade funcional dos dentes, com o passar do tempo, mastigando incorretamente, a articulação mandibular começa a se deformar podendo ocorrer limitação na abertura da boca.
Como a mandíbula, língua e demais estruturas foram puxadas para trás, o espaço para passar vai ficando cada vez menor para respirar. Para compensar, a pessoa inclina a cabeça para frente, estressando a coluna vertebral e provocando dores de cabeça, coluna e musculatura.
As disfunções das articulações podem começar em idade precoce e muitas vezes só se percebe anos depois, já com uma doença instalada.
A respiração bucal acaba se tornando um hábito em consequência da “Lei do menor esforço” porque acaba sendo mais fácil respirar pela boca. Com o tratamento adequado, o paciente Respirador Bucal restabelece a função respiratória nasal através da Reabilitação neuro oclusal. A reabilitação é feita com aparelhos preconizados, e a regulação das funções estará revertendo a “Lei do menor esforço” e, com isso, proporcionará a melhora nos sintomas citados acima, bem como a melhora na dor, estresse, insônia, sono agitado, ansiedade e depressão. Com isso pode desenvolver os segmentos de qualidade como memória, percepção, autoestima, criatividade, mais energia e perda da agitação.

1              2

 

Dr. Plácido Menezes – Arquitetura do Sorriso

      

Comentários

Nenhum Comentário