PRÓTESE DENTÁRIA É INEVITÁVEL NA TERCEIRA IDADE? COMO SABER SE PRECISO USAR?

foto1Terceira idade não é sinônimo de prótese dentária. Tudo vai depender do estado da saúde bucal do paciente. Converse com seu dentista para descobrir

 

Os anos passam e chega a terceira idade. Apesar de ser uma fase que exige mais cuidados, o envelhecimento é um processo biológico que faz parte do ciclo vital do ser humano, assim como a infância e a adolescência. Muitos acreditam que nesta fase o uso de prótese dentária acaba sendo algo obrigatório. Como o idoso pode saber se chegou a hora de aderir a este procedimento? A especialista no assunto Elis Regina Almeida tira todas as dúvidas para você curtir melhor esse momento da vida.

ACABANDO COM O TABU

Nem todo mundo que alcança a terceira idade precisa usar prótese. Isso vai depender muito da situação bucal de cada um. “Caso a pessoa possua todos os dentes e nenhuma necessidade de reabilitação do elemento, não tem por que usar”, afirma Elis. A prótese móvel ou fixa tem o grande papel de repor a estrutura dentária do paciente, devolvendo a oclusão, mantendo o espaço e recuperando a estética do sorriso. Isso faz bem tanto pra saúde quanto para o bem-estar da pessoa. Bom demais, né?

UM SORRISO COMPLETO = UMA BOCA MAIS SAUDÁVEL

Quem não tem mais aquele sorriso de antes, com todos os dentes na arcada, é muito importante devolver os elementos faltosos ou até parte deles, como explica a especialista. “Isso devolve a oclusão correta do paciente, impede a movimentação de outros elementos e evita o aparecimentos de distúrbios mastigatórios”. Possuir todos os dentes não significa que você se importa apenas com a beleza, mas, principalmente, que você está em dia com uma vida saudável. Mantenha esse ritmo e continue fazendo boa ação para sua boca e organismo.

O TEMPO PASSA E A HIGIENE BUCAL NÃO PARA

Independente do sorriso que você tiver, a limpeza e os cuidados vêm sempre em primeiro lugar. “É importante manter a higiene da prótese e da cavidade oral, bem como visitar o dentista regularmente para manutenção da prótese e avaliações clínicas”. Não se esqueça de utilizar as ferramentas certas. Neste caso, uma escova de dentes de cerdas duras, um sabonete neutro ou um creme dental refrescante sem componentes abrasivos ajudam a limpar a prótese. Havendo elementos dentários, a escova ideal é de cerdas macias. Lembre-se que escovar a língua também faz parte do ritual. Depois disso, você vai descobrir que sorrir pra vida nunca foi tão gostoso.

Fonte: Sorrisologia

      

Comentários

Nenhum Comentário