Prótese dentária: Descubra como ela é confeccionada

13964-voce-descobriu-a-pouco-tempo-que-vai-pre-slider_medias-1Você descobriu a pouco tempo que vai precisar usar prótese dentária. Já teve a curiosidade de saber como o acessório é confeccionado? A dentista Elis Regina explicou ao Sorrisologia

 

Em caso de perda dentária, ela pode ser a melhor opção para reabilitar o seu sorriso. Seja no modelo total ou parcial, a prótese ajuda a trazer de volta a saúde e bem-estar bucal do paciente. Esses acessórios devem ser recomendados por um dentista especialista no assunto e confeccionados em um laboratório protético. Na verdade, antes de ir para a boca do paciente, a prótese deve passar por alguns processos bem importantes. Quer saber todos os detalhes de como ela é feita? A profissional Elis Regina explica.

COMO É FEITA A PRÓTESE DENTÁRIA?

Quando o dentista indica a prótese como melhor tratamento, o primeiro passo para a confecção é a moldagem. De acordo com a especialista, esse processo é essencial para copiar a cavidade oral da pessoa exatamente como ela é. Em seguida, é feita a prova dos modelos para definir a borda adequada da prótese e, antes de definir o acessório, são realizados outros procedimentos. “Existem mais duas provas onde são confeccionados um padrão em cera, para verificar como ocorre a oclusão do paciente, e outra com os elementos dentários que vai analisar novamente a oclusão, a estética e a função dos elementos que irão compor a prótese”, assegura.

Em alguns casos mais complexos, é necessário uma montagem da oclusão de forma mais fiel. “Deve ser levado em conta parâmetros mais relevantes, como a relação dos elementos dentários”. Depois que todas as provas e os pontos de referência estiverem bem estabelecidos, a prótese é novamente enviada para o laboratório e acrilizada para, enfim, ser levada a boca do seu dono.

O PACIENTE PRECISA RETORNAR AO DENTISTA?

Muita gente pensa que após a colocação da prótese, a visita ao dentista não é mais necessária – isso acontece muito com pessoas que usam o modelo total. Mas, ao contrário disso, a consulta de revisão ao profissional é indispensável. “A prótese vai se ajustando ao paciente e reparos devem ser feitos regularmente pelo especialista”. Além disso, o acessório não dura para sempre. Com o tempo, o objeto sofre desajustes na boca, devido a sua reabsorção, e após quatro anos de uso, uma prótese nova deverá ser confeccionada. “Isso é necessário para que não seja prejudicada a função estomatognática do paciente”, esclarece.

OS CUIDADOS NÃO PODEM FALTAR

Agora que você já está usando a prótese, é importante mantê-la sempre bem cuidada. Toda essa atenção deve começar com a higiene bucal. Para realizar esse hábito, é preciso retirar a prótese da boca e limpar com uma escova de cerdas médias ou duras. Você pode usar um creme dental não abrasivo ou sabão neutro para ajudar. Depois, é só enxaguar o acessório. No caso de prótese parcial, não deixe de escovar os dentes naturais com uma escova macia e o creme dental de sua preferência. Não há nada melhor do que ter um sorriso novo e saudável.
Fonte: Sorrisologia

      

Comentários

Nenhum Comentário