Proteja a moldura do seu sorriso

Lábios saudáveis e bem cuidados compõem um belo sorriso e, claro, a saúde como um todo. Expor-se muito ao sol sem protetor solar, fumar e beber em excesso são fatores que prejudicam a boca e podem causar, eventualmente, o câncer nos lábios.

Essa doença pode ser detectada por meio de exames de rotina feitos pelo cirurgião-dentista, segundo Paulo de Camargo Moraes, professor doutor na Faculdade São Leopoldo Mandic (Campinas-SP). “Ao observar a presença de placas brancas (leucoplasias), áreas avermelhadas (eritroplasias) ou úlceras, feridas que não cicatrizam. Aí, sim, poderemos já estar diante de um câncer”, esclarece.

O dentista também é parte fundamental no diagnóstico e prevenção, realizando um bom exame clínico. “Ele pode efetuar biópsias e orientar os pacientes quanto à exposição ao sol”, diz Paulo.

“Em relação ao tratamento, cabe à especialidade médica responsável pela cirurgia de cabeça e pescoço. Mas é bom o dentista e o médico manterem contato, pois o tratamento multidisciplinar sempre é melhor que o individualizado”, lembra.

Exposição solar

O cirurgião-dentista explica que os raios solares incidem de forma mais intensa no lábio inferior, devido à angulação. “É recomendável que se proteja usando protetor solar labial quando se expuser ao sol”, diz Paulo.

Para cuidar não só os lábios,  mas também de todo o rosto e cabeça, a dica é usar chapéu de aba largaquando estiver em um local apropriado para isso –­ como em praia, piscina ou mesmo em evento ao ar livre. Na cidade, uma opção é andar pelas ruas com uma sombrinha (guarda-sol).

Tabagismo

Quem fuma deve ter atenção redobrada, já que a temperatura do cigarro é muito prejudicial à boca. Além disso, o tabaco escurece e mancha os dentes, ocasiona a halitose e a doença periodontal, sendo que esta leva também à perda dental.

“A brasa da ponta do cigarro chega muito próximo a mil graus, o que faz com que tenhamos um fator irritante na mucosa labial. À medida que o cigarro é consumido, mais perto do lábio a brasa vai ficando”, alerta o professor.

Álcool

“O álcool, principalmente o contido nas bebidas destiladas, destrói a camada superficial do epitélio, tecido que protege o lábio”, explica Paulo. Portanto, o consumo moderado e eventual é o recomendado para evitar prejuízos à saúde bucal e dos lábios.

Fonte: Aqui tem Sorriso

      

Comentários

Nenhum Comentário