Pessoas com língua presa têm dificuldade de realizar a higiene bucal?

14254-a-lingua-presa-e-um-problema-que-te-inco-slider_medias-1

A língua presa é um problema que te incomoda? Descubra se ela pode afetar de alguma maneira a sua higiene bucal

Desde criança você tem dificuldade em pronunciar certas palavras e seus pais logo notaram que era um problema de língua presa. Também chamada de anquiloglossia, esse cenário acontece quando a membrana que fica abaixo da língua, conhecida como freio, é menor do que o normal e impede o órgão de se movimentar corretamente. Da mesma forma que essa falha atrapalha na sua pronúncia, será que ela pode fazer o mesmo com a sua higiene bucal? Perguntamos ao dentista Cláudio de Sá.

O PROBLEMA INFLUENCIA NA HIGIENE?

A língua presa pode atrapalhar o paciente de várias formas. As complicações começam a surgir logo cedo, quando a criança sente problemas para sugar o leite materno durante a amamentação. Com o passar do tempo, ela também pode causar um espaço entre os dentes inferiores da frente e problemas na fala. Entretanto, o cirurgião-dentista garante que não vê como a língua presa é capaz de prejudicar a higiene bucal, ou seja, quem tem o problema consegue fazer o ritual normalmente.

COMO TRATAR A LÍNGUA PRESA?

Mesmo que o problema não atrapalhe nada que envolva a limpeza da região, ele reflete em outras complicações na boca. Então, em muitos casos, a língua presa deve ser corrigida o mais rápido possível. A maioria dos especialistas indica tratar quando o paciente é ainda bebê. “O tratamento é por cirurgia do freio da língua e quanto mais precoce for feito diagnóstico e a operação, melhor será o desenvolvimento do sistema estomatognático, ou seja, de toda a estrutura da boca e adjacências”, explica Cláudio. O profissional mais capacitado para realizar o procedimento é o próprio cirurgião-dentista.

PARA NÃO HAVER OUTROS PROBLEMAS: ESCOVE OS DENTES

Já que a língua presa não te impede de praticar esse hábito, que tal reforçar algumas práticas de higiene com o Sorrisologia? Sabemos que é importante manter a periodicidade da escovação, mas além da frequência, é preciso garantir a qualidade deste ritual. Por isso, escove os dentes de uma maneira bem suave. Não precisa ter pressa, até porque este momento deve ter dois minutos de duração. Depois de escovar todo o seu sorriso, não deixe de fazer o mesmo com a língua. Ela precisa ser muito bem escovada para evitar o mau hálito.

Antes, não esqueça de usar o fio dental em todos os dentes, principalmente os molares e pré-molares que ficam lá no fundo. Eles são responsáveis pela mastigação dos alimentos e costumam acumular muita sujeira. Por fim, basta finalizar sua higiene com um enxaguante bucal sem álcool para manter sua boca refrescante e protegida das bactérias.

Fonte: Sorrisologia

      

Comentários

Nenhum Comentário