Ortodontia: mordida profunda pode prejudicar dentes, musculatura e articulações

foto1Você se olha no espelho e fica insatisfeito com seu sorriso? Casos em que os dentes superiores cobrem os inferiores excessivamente é chamado de mordida profunda e podem ser tratados com a ortodontia

 

No momento de sorrir você vem reparando que seus dentes de cima estão cobrindo excessivamente os de baixo, a ponto de mal conseguir vê-los. Isso é um problema bucal e que pode ser tratado. “A mordida profunda é um tipo de má oclusão onde os incisivos superiores cobrem mais de um terço dos incisivos inferiores”, afirma o profissional Sérgio Casarim. Também chamada de sobremordida, o problema pode comprometer a saúde dos dentes, da musculatura e articulações. Muito mais do que uma questão estética, se não for tratado, pode resultar em complicações graves.

O problema pode surgir por diferentes causas

O problema de desenvolvimento dos ossos maxilares não é a única razão. “A etiologia da má oclusão de mordida profunda é muito complexa, desde fatores genéticos, ambientais e até locais”, garante Sérgio.

O tratamento vai depender de uma avaliação

O diagnóstico só pode ser feito após a realização de exames e uma avaliação médica. “Dependerá diretamente de fatores como a idade do paciente, o fator etiológico que provocou a mordida profunda e a localização da mordida profunda”. Desta forma, o especialista indicará a forma correta de tratamento. Sérgio indica alguns deles. “Pode ser desde o controle do crescimento, aparelhos funcionais, aparelhos removíveis, aparelhos fixos até batentes”.

Mordida profunda pode causar problemas sérios na mandíbula

“A mordida profunda não tratada pode causar em pacientes em crescimento um ‘travamento’ da mandíbula, provocando a falta de crescimento normal. Isso pode deixá-lo com um perfil mais convexo (arredondado) e provocar outros tipos de problemas oclusais”. Outras complicações como problemas na articulação temporomandibular e distúrbios gengivais como a retração gengival também estão na lista.

A prevenção vai depender da causa da mordida

A prevenção pode até ser possível, porém, mais uma vez, vai depender da causa. “Se for algum fator ambiental local, sim, podemos fazer a prevenção removendo o fator causador. Se for genético o controle do crescimento deve ser avaliado”, conclui o ortodontista. Realize uma consulta com o ortodontista para avaliação do seu caso e, assim, saber qual a melhor forma de agir.

A higiene em tratamento ortodôntico muda

Para quem passa por tratamento ortodônticos precisa caprichar ainda mais nos cuidados bucais. Não só com a alimentação, mas também na tarefa de higiene bucal diária. Confie no poder do fio dental Super floss que possui uma extremidade rígida facilitando sua inserção sob aparelhos ortodônticos, pontes e espaços interproximais estreitos. Além disso, a ferramenta remove toda placa bacteriana dos dentes e na linha da gengiva para, em seguida, facilitar sua escovação.

 

Fonte: Sorrisologia

 

      

Comentários

Nenhum Comentário