O que é tártaro e qual a melhor forma de prevenção?

11 Faça a higiene bucal todos os dias após as refeições e antes de dormir. Além de prevenir o tártaro você consegue evitar outras doenças, como a cárie.

 

22 Não deixe de usar o fio dental. Só ele é capaz de evitar a formação e o endurecimento da placa bacteriana entre os dentes e nos lugares mais escondidos do sorriso.

 

3
3 Lembre-se também do enxaguante bucal, que tem o papel de finalizar a higiene e proteger sua boca dos micro-organismos.

 

44 Tenha uma boa dieta. Alimentos mais açucarados ou cheios de carboidratos produzem mais placa bacteriana. Somando esse fator com uma má higiene, resulta no tártaro.

 

55 Vá ao dentista regularmente! A cada seis meses ou um ano visite esse profissional para saber como anda sua saúde bucal e realizar uma profilaxia que mantém sua boca livre do tártaro.

Ele é mais comum do que muita gente imagina e mesmo não estando tão aparente, com aquele visual amarelado, o tártaro se esconde por trás dos dentes ou até nos cantinhos mais estreitos do seu sorriso. Embora seja um problema bucal bastante frequente, existem pessoas que não o conhecem ou que não fazem ideia das doenças que ele pode gerar à saúde bucal e geral. Para apresentar o tártaro e mostrar algumas formas de como detê-lo, o Sorrisologia convida alguns dentistas especialistas no assunto para explicar as melhores formas de prevenção.

ENTENDA O TÁRTARO

O tártaro nada mais é que o acúmulo de placa bacteriana nos dentes, que ficou lá por muito tempo e endureceu. Normalmente, isso acontece devido a falta de higiene bucal ou até a maneira incorreta de praticá-la. E depois de endurecida, não tem mais jeito com a escovação, só um dentista pode retirar o cálculo com o suporte de algumas ferramentas odontológicas. Que situação, né?

SE NÃO FOR TRATADO, O QUE ELE PODE FAZER?

Mas se ele já tomou conta do seu dente, precisa ser retirado. Se você não procurar um especialista o quanto antes, o tártaro vai continuar se alimentando de vários micro-organismos da sua boca, podendo até mesmo se multiplicar em todo o sorriso. Essa soma de fatores vai refletindo em problemas para a saúde bucal e geral do paciente. “Bactérias presentes nas inflamações gengivais podem, através da corrente sanguínea, atingir órgãos como o coração e causar entupimento das artérias”, explica o dentista Max Ferreira. Essa consequência é ocasionada pela gengivite, o primeiro manifesto inflamatório do tártaro. Depois, a situação só piora com a doença periodontal, causando a perda dentária.

É MELHOR PREVENIR DO QUE REMEDIAR

O ideal é não passar por nenhuma dessas situações. E para evitar qualquer problema bucal, só exercendo uma boa higiene. De acordo com o dentista Felipe Furquim, a limpeza diária e correta é o que vai livrar o paciente do tártaro. “Escovação, uso do fio dental e enxaguante são seus aliados nessa tarefa”, garante o especialista.

Portanto, não deixe de praticar esses hábitos após todas as refeições e, principalmente, antes de dormir. Durante o sono, o ambiente bucal fica mais propenso às bactérias devido ao baixo fluxo salivar. Como a saliva é a proteção dos dentes, a pouca quantidade deixa sua boca exposta aos micro-organismos, aumentando as chances para a formação do tártaro e de cáries dentárias. Não abra mão de ritual e faça do seu sorriso um cartão de visitas saudável.

COM SIMPLES PASSOS VOCÊ CONSEGUE EVITAR O TÁRTARO

1) Faça a higiene bucal todos os dias após as refeições e antes de dormir. Além de prevenir o tártaro você consegue evitar outras doenças, como a cárie

2) Não deixe de usar o fio dental. Só ele é capaz de evitar a formação e o endurecimento da placa bacteriana entre os dentes e nos lugares mais escondidos do sorriso

3) Lembre-se também do enxaguante bucal, que tem o papel de finalizar a higiene e proteger sua boca dos micro-organismos

4) Tenha uma boa dieta. Alimentos mais açucarados ou cheios de carboidratos produzem mais placa bacteriana. Somando esse fator com uma má higiene, resulta no tártaro

5) Vá ao dentista regularmente. A cada seis meses ou um ano visite esse profissional para saber como anda sua saúde bucal e realizar uma profilaxia que mantém sua boca livre do tártaro

Fonte: Sorrisologia

      

Comentários

Nenhum Comentário