O acúmulo de tártaro pode causar mau hálito?

15232-esta-com-problemas-de-mau-halito-pode-s-slider_medias-1Está com problemas de mau hálito? Pode ser um problema causado pelo acúmulo de tártaro nos dentes. Entenda mais sobre o assunto!

Como você já deve ter ouvido muito de seu dentista, a higienização correta é de suma importância para a saúde bucal. Escovar os dentes após a refeição e passar o fio dental são hábitos básicos para que isso seja mantido. Contudo, para quem não pratica de maneira adequada, um grande vilão é o mau hálito. Você sabia que o acúmulo de tártaro pode ser o causador desse incômodo? O dentista Sérgio Siqueira Junior tira dúvidas sobre o problema e como evitá-lo.

O QUE É TÁRTARO?

O dentista explica que o tártaro ocorre devido a ação da saliva na boca que mineraliza a placa bacteriana. Também conhecido como cálculo dental, ele surge como resultado desse processo salivar. Essa placa mineralizada encontra nas superfícies duras locais propícios para aderir, como os dentes, próteses, implantes e aparelhos ortodônticos, por exemplo. Além de prejudicar dentes e gengiva, o tártaro pode tornar-se um incômodo estético.

COMO ACONTECE O ACÚMULO DE TÁRTARO?

Assim como explicado, a base para o surgimento do tártaro é a placa bacteriana. Esta é produzida na boca de todos os indivíduos mesmo depois da escovação ou higienização feita pelo dentista. A placa é formada por bactérias que estão dentro da cavidade bucal, além de células descamadas e de defesa. Quando ela não é retirada, acaba passando um período de tempo agarrada às superfícies, o que inicia o processo de mineralização. “Não remover esta placa com a escovação e o fio dental leva ao acúmulo de tártaro”, explica o profissional.

MAU HÁLITO PODE SER CAUSADO POR ACÚMULO DE TÁRTARO

Normalmente, o tártaro é caracterizado por sua cor amarela ou marrom nos dentes, próximo à gengiva. Além de atrapalhar a estética do sorriso, o cálculo dental pode trazer mau hálito para o paciente. “O acúmulo de cálculo leva a um maior acúmulo de placa sobre ele, já que é uma superfície porosa”, esclarece Sérgio. Esse aglomerado nos dentes pode vir a inflamar os tecidos circundantes, o que causa o mau hálito. O odontologista ressalta que a inflamação é capaz levar a uma perda de tecidos de suporte do dente, como no cemento, ligamento e osso. Este é identificado como um quadro de periodontite que pode causar até mesmo a extração do dente.

OS TRATAMENTOS E PREVENÇÃO DO ACÚMULO DE TÁRTARO

Nos casos em que o paciente já apresenta o acúmulo de tártaro nos dentes, é preciso marcar uma consulta ao dentista. O profissional é o único capaz de retirar o cálculo já formado. O processo é denominado com raspagem e é feito com instrumentos especiais do consultório. No entanto, há maneiras de evitar esse aparecimento indesejável. “A melhor maneira de prevenir o acúmulo de cálculo é removendo constantemente a placa bacteriana”, indica Sérgio. É preciso manter o hábito de uma higienização bucal correta, com uma boa escovação e usar o fio dental.

Fonte: Sorrisologia

      

Comentários

Nenhum Comentário