HERPES LABIAL PODE TRAZER PROBLEMAS PARA A SAÚDE BUCAL?

10705-o-herpes-pode-afetar-sua-saude-bucal-co-slider_medias-1O herpes pode afetar sua saúde bucal? Conversamos com uma dermatologista para desvendar essa dúvida e dar dicas bem bacanas para driblar essas feridinhas chatas

 

Tudo que aparece de atípico no nosso rosto tende a ser chato. A exemplo disso: o herpes. O problema mexe não só com a saúde, como também com a autoestima. Some a tudo isso o fato de a doença ser ainda considerada um tabu na sociedade. O que não há motivos para tal, já que dois terços da população possuem o vírus, segundo dados da Organização Mundial da Saúde. Se não bastasse, as lesões do herpes labial podem trazer complicações para a saúde bucal também. Quem explica mais sobre o assunto é a dermatologista Ericka Aguiar.

COMO O HERPES SE MANIFESTA?

No dia de um evento importante, você acorda, se olha no espelho e percebe que ele está lá te fazendo companhia – não muito agradável por sinal. “O herpes se manifesta através de pequenas vesículas avermelhadas que formam uma ferida”, explica a dermatologista. As lesões surgem de forma repetida no mesmo local e são precedidas por dor, ardência e formigamento na região. É importante sempre manter as mãos bem limpas caso encoste ou manuseie as feridas, pois a virose pode ser facilmente transmitida para outros locais do seu próprio corpo. Nada legal, né?

PROBLEMAS BUCAIS CAUSADOS PELO HERPES

Deixar de fazer o tratamento da infecção pode sim trazer problemas bucais. “O herpes labial pode gerar acometimento da mucosa labial e pode inclusive gerar uma infecção secundária caso não seja tratado de forma adequada”, afirma a profissional. Outras complicações também podem surgir nesses casos, como a infecção evoluir para um quadro de meningite.

É POSSÍVEL EVITAR O HERPES?

“Infelizmente a prevenção é difícil, pois o vírus é bastante presente na população sendo facilmente transmitido”, diz. Além disso, não há ainda uma vacina eficaz para o evitar o contagio da doença. Sendo assim, a melhor forma de prevenção é evitar o compartilhamento de objetos com pessoas portadoras da doença, como talheres sem lavar, batom, escova de dentes, entre outros. Por mais íntimo que você seja dessa pessoa, evite por questão de saúde, combinado?

TRATAMENTO

O tratamento do herpes, que tem por finalidade apenas aliviar as crises de lesões, fica por conta de medicamentos antivirais específicos, segundo Ericka. Cuidados nos locais das feridas também são orientados dependendo de cada caso. O importante é descobrir o diagnóstico o quanto antes, para que assim o tratamento também seja feito de forma precoce. Sem contar que o surto será de menor intensidade e de menor duração.

Fonte: Sorrisologia

      

Comentários

Nenhum Comentário