É possível ter os dentes saudáveis mesmo ingerindo bebidas e alimentos com açúcar?

12146-voce-e-daqueles-que-nao-dispensa-uma-sob-slider_medias-1Você é daqueles que não dispensa uma sobremesa, né? O açúcar é o inimigo número um dos dentes, mas será que dá pra conviver com ele e ter uma boca saudável?

 

Durante toda a vida você deve ter ouvido dos seus pais que doces estragam os dentes. Chocolates, balas, chicletes, todos esses tipos de alimentos possuem açúcar, o maior vilão para a saúde bucal. Mas, apesar do risco, não podemos viver sem esse carboidrato. Até porque, ele é a principal fonte de energia para o nosso organismo. Será que é possível manter um sorriso saudável ingerindo bebidas e alimentos açucarados? Convidamos a dentista Thalita Costa para desvendar essa questão e dizer como prevenir a saúde dos dentes sem precisar recusar um docinho.

COMO O AÇÚCAR AGE NOS DENTES?

Os açúcares, em geral, como a frutose, glicose e a sacarose, funcionam como um acelerador para o crescimento de bactérias que vivem no universo bucal. Elas convivem em total harmonia, mas quando ingerimos o nutriente em excesso, evoluem rapidamente em número e estágio, podendo agredir os tecidos bucais. “Quando crescem, formam colônias que chamamos de placa, que quando entram em contato prolongado com os dentes, ocasionam cáries e no momento em que alcançam a gengiva causam inflamação e até perda óssea localizada (gengivites e periodontites)”, explica Thalita. Elas também podem acumular na língua e gerar o mau hálito. Desagradável, né?

CÁRIES, MANCHAS E OUTROS PROBLEMAS

O grande risco em exagerar no açúcar é a cárie. Segundo o Hospital Israelita A. Einstein, ela é muito comum e gera aproximadamente 2 milhões de casos por ano só no Brasil. E além desse micro-organismo, existem outros problemas que são reflexos do consumo de doces. As manchas que refrigerantes, cafés, vinhos, sucos, chás e molhos deixam nos dentes. A odontologista lembra que são reversíveis se você não demorar horas para fazer a higiene bucal. “Uma escova macia e uma pasta de dente com flúor e com boa abrasividade são ótimos para remoção dessas manchinhas”.

Existe também a acidez desses alimentos bem camuflada em suas composições. “Esses ácidos diminuem o PH da boca como um todo, deixam o dente mais “mole”, favorecendo a dissolução de minerais dos nossos dentes, ou seja, a estrutura dentária vai se ‘desmanchando’ microscopicamente e a longo prazo”, alerta. Com isso, os dentes podem ficar mais lisos e sensíveis devido a perda do esmalte dentário. Por outro lado, a situação tem grandes chances de ser revertida com a escovação. “É imprescindível esperar no mínimo 30 minutos após a ingestão de qualquer alimento para escovar os dentes”. Isso evita sensibilidade no seu sorriso e a perda da estrutura.

ALIMENTOS ZERO AÇÚCAR E SAÚDE BUCAL

Produtos como adoçantes, bebidas e doces zero açúcar aparentemente são inofensivos, mas ainda oferecem riscos à saúde bucal. Tudo por conta da alta acidez que provocam na boca. “A embalagem até diz que não foram adicionados, mas o próprio doce já tem algum tipo de açúcar presente, como a frutose nas frutas”. Fique de olho nas tabelas nutricionais antes de comprar aquela sobremesa light depois do almoço.

COMO CUIDAR DA SAÚDE DOS DENTES SEM PARAR COM OS DOCES?

Thalita conta que o ideal seria evitar doces e não ingerir refrigerantes sob hipótese alguma. Mas quando a vontade for maior, lembre-se de beber bastante água, lavar bem a boca, esperar pelo menos 30 minutos para escovar os dentes e fazer uso do fio dental. Assim você remove completamente a placa bacteriana e não corre o risco de ter uma lesão cariosa. E não estenda essas refeições ao longo do dia, tente comer e beber tudo no mesmo horário. “Fazendo assim você evitará sensibilidade, cárie, gengivites e o mau hálito”, explica.
Fonte: Sorrisologia

      

Comentários

Nenhum Comentário