DTM pode alterar o encaixe entre os dentes. Descubra como o problema pode ser tratado

14119-alem-de-dores-e-incomodos-na-face-a-dtm-slider_medias-2
Além de dores e incômodos na face, a DTM pode causar um deslocamento nos dentes. Entenda por que isso acontece

Dores de cabeça, nos dentes e na mandíbula é o que você vem sentindo ultimamente. Tudo indica que é um problema de DTM, disfunção temporomandibular. Só que além de afetar todo seu bem-estar, essa complicação vem desalinhando o seu sorriso, causando um desencaixe entre os dentes. Como isso aconteceu? Até que ponto isso pode alterar na sua saúde bucal? Com tantos questionamentos, convidamos o especialista no assunto Robson Caumo. Entenda e descubra como é possível tratar o problema.

COMO ESSE DESENCAIXE ACONTECE?

Existem muitas causas para o surgimento de uma DTM. Entre o estresse e a tensão da musculatura mandibular, a disfunção também pode ocorrer devido ao bruxismo, que afeta toda região da face. Para o desencaixe dos dentes acontecer, precisa ser um problema frequente, que afete sua boca de forma constante. E a hiperatividade muscular é um fator que leva ao aparecimento dessas duas complicações. “Apenas um lado da musculatura pode ser afetada, podendo levar a um desvio do arco de fechamento para o lado afetado”, revela o profissional.

UM PROBLEMA QUE GERA OUTRAS COMPLICAÇÕES

Esse deslocamento dos dentes pode levar a uma série de problemas na oclusão, inclusive os chamados contatos prematuros. “São contatos em locais errados, sendo nocivos ao elemento dentário, porém, podendo gerar desde um simples desgaste dentário, até uma perda óssea local”, diz. O cenário pode ser tão preocupante a ponto de causar tensões musculares, que refletem em dores, incômodos e outros malefícios, que também pode se tornar estéticos. Não deixe a DTM prolongar. Vá ao dentista e trate da disfunção de uma vez.

A SOLUÇÃO: COMO TRATAR O PROBLEMA?

A primeira coisa a fazer é procurar um especialista de sua confiança para o diagnóstico. Só ele consegue realizar todos os exames para constatar a existência dos problemas: DTM e alteração do encaixe entre os dentes. Se existir alguma complicação, serão tratadas de acordo com a causa.

Nesse quesito, a DTM é bem similar ao bruxismo, não tem cura, mas o tratamento é capaz de controlar esse cenário. Então, é importante saber que qualquer terapia indicada vai diminuir os incômodos do problema. Os principais tratamentos feitos no consultório é o laser, que funciona como um análgésico, a placa miorrelaxante ou de mordida, que auxilia no relaxamento da mandíbula, e o ultrassom, que reduz toda tensão muscular. Para evitar que a complicação comece afetar seus dentes, vá ao dentista!

Fonte: Sorrisologia

      

Comentários

Nenhum Comentário