Dentes sem antagonistas podem causar desalinhamento na arcada dentária

12186-um-sorriso-incompleto-pode-causar-desali-slider_medias-1Um sorriso incompleto pode causar desalinhamento na arcada dentária e, principalmente, prejudicar o dente antagonista. A dentista Viviane Fellows conta como isso acontece e as formas de prevenir o problema

 

 

Um dente pode fazer muita falta, sabia? A sua perda, além de afetar diretamente a autoestima, acaba trazendo muitos problemas para os outros dentes. Quando se perde um dente na parte de baixo da arcada, por exemplo, aquele que está acima (o antagonista) fica sem função. Este cenário pode resultar em um sorriso totalmente desalinhado. Deixar esse vazio na gengiva precisa ser bem pensado e tratado rapidamente para não gerar outras complicações. A ortodontista Viviane Fellows explica como a boca reage com esta situação e indica as melhores formas de prevenir um possível entortamento.

É POSSÍVEL VIVER COM UM SORRISO INCOMPLETO?

Para se manter saudável, o corpo humano precisa funcionar de maneira conjunta. Um sistema necessita do outro para estar em harmonia e o mesmo vale quando falamos de saúde bucal. A especialista conta que quando um dente é extraído por conta de uma cárie profunda, por exemplo, não se pode pensar apenas em sua cirurgia. É importante estar ciente que todos os outros elementos dentários têm comunicação com este, que agora estará ausente. “Sem um dente, o paciente poderá apresentar problemas de mordida, problemas com a gengiva e, também, perda óssea na região por perder estímulos que ali existiam”.

COMO A BOCA REAGE A FALTA DE UM DENTE

A falta de um dente pode causar muitos reflexos negativos à boca. No momento em que você come aquela sua refeição favorita, os dentes precisam estar alinhados, um do lado do outro, para trabalhar juntos e dividir a mastigação. “Quando um está ausente, o dente antagonista perde o apoio e começa então uma expulsão. Os dentes ao lado, estando também sem apoio, começam a migrar de forma lateral e inclinada, desalinhando a arcada e dificultando a mastigação”. Consequentemente, tudo isso acaba prejudicando também a estética.

A SOLUÇÃO PARA ESTE PROBLEMA

Viviane afirma que existem duas formas de lidar com a perda dentária. Quando este cenário acontece com um dente siso que precisou ser extraído, o antagonista perde sua função. Logo, a melhor saída para este caso é removê-lo. Agora, quando a mesma situação ocorre com outros dentes, é preciso repor aquele espaço vazio. “Sempre que houver a perda de um elemento, aquela região deve ser restabelecida com uma prótese ou com um implante para que outros problemas sejam evitados”.

 

 

Fonte: Sorrisologia

 

      

Comentários

Nenhum Comentário