Como funcionam as placas de tratamento para bruxismo?

14034-o-bruxismo-e-um-problema-bem-dificil-de-slider_medias-1O bruxismo é um problema bem difícil de ser controlado, mas a placa de mordida pode ser uma boa opção de tratamento.

 

Você já ouviu falar das placas de tratamento para bruxismo? São acessórios feitos de acrílico e com o formato exato da sua mordida. Elas são ótimas para quem sofre do distúrbio, pois aliviam os principais sintomas do problema, como dor e tensão na região da boca, mandíbula e cabeça, além de evitar o desgaste do dentes. Apesar do seu uso parecer bem simples, muita gente tem dúvida da maneira que elas funcionam, quando devem ser utilizadas e se precisam ser higienizadas. Pensando nisso, convidamos a especialista em dor orofacial Rhianna Barreto para dar algumas dicas sobre o uso desse objeto.

CONHEÇA MAIS ESSE ACESSÓRIO

Também conhecida como placa de mordida ou miorrelaxante, a placa de bruxismo é um dispositivo móvel que se ajusta perfeitamente sobre a superfície do seu sorriso tanto na região superior ou inferior. Ela é a mais indicada para o tratamento de bruxismo e possui menor risco dos paciente desenvolverem problemas de mordida aberta anterior, extrusões e migrações dentárias.

Existem dois tipos de materiais que podem compor esse acessório, acrílico e silicone, porém, o mais eficaz para o tratamento de bruxismo é aquele feita de resina acrílica rígida. “A placa resiliente (de silicone) não impede o ranger dos dentes. Ela também pode perfurar facilmente e não estabilizar a articulação temporomandibular e a musculatura mastigatória”, explica a profissional. Por outro lado, este acessório é muito bom para quem deseja evitar desgastes nos dentes ou uma disfunção temporomandibular (DTM), decorrentes do bruxismo.

COMO FUNCIONA O TRATAMENTO?

Você já deve ter visto no Sorrisologia que o bruxismo pode causar um grande desgaste nos dentes, danos nas gengivas, dores musculares, cansaço e desconforto na mandíbula, entre outras complicações. Para evitar todos esses sintomas e danos, os dentistas indicam a placa de mordida. No entanto, para surtir efeito, o dispositivo precisa ser indicado por um especialista e ser usado corretamente pelo paciente. “Deve-se selecionar apropriadamente o tipo de material de que serão confeccionadas as placas e a indicação de uso, pois cada uma é direcionada para atuar em um fator específico”, esclarece.

É importante lembrar que as placas não são a única terapia para o problema. Rhianna explica que muitas vezes, devem ser associadas a outras terapias como uso de medicação, sessões de terapia psicológica e até técnicas para cuidar da dor orofacial associada ao bruxismo.

O JEITO CERTO DE USAR

Tem gente que acha que a placa de bruxismo precisa ser usada apenas na hora de dormir. Mas isso vai depender de cada caso da disfunção. “Elas devem ser utilizadas durante à noite, para pacientes que têm bruxismo do sono, e no período noturno e diurno para aqueles que desenvolvem o problema durante dia ou apertamento dentário”, ressalta. É importante examinar cada situação individualmente para indicar o uso correto do acessório.

FAÇA A HIGIENE DOS DENTES E DA PLACA

Seja para a limpeza dos dentes ou da placa, é importante usar uma escova macia, de preferência, uma para cada higiene. Diferente do seu sorriso, o acessório deve ser escovado com detergente neutro, pois o creme dental contém dentifrícios que podem arranhar o acessório. “Também podem ser utilizados limpadores para próteses antibacterianos, em que a placa deve ser deixada em imersão por alguns minutos, ao menos, uma vez na semana”. Os cuidados devem ser diários e o dispositivo deve ser mantido seco e limpo sempre após o uso. Aproveite o momento para fazer a sua higiene bucal e manter seus dente sempre bonitos e saudáveis.

 
Fonte: Sorrisologia

      

Comentários

Nenhum Comentário