Clarear os dentes durante a gravidez pode ser arriscado?

13659-durante-a-gestacao-e-preciso-pensar-por-slider_medias-1Durante a gestação é preciso pensar por dois, por isso, pondere tudo sobre o clareamento dental antes de pensar em fazê-lo

 

A culpa não é sua se o desejo por doces e comidas com corantes esteja ainda mais frequente durante a gravidez, certo? Agora, se os dentes estão ficando cada vez mais amarelados por causa dos seus hábitos alimentares, é importante procurar um profissional para descobrir como resolver o problema estético. Para isso, será que o clareamento dentário é realmente uma técnica segura durante a gestação? Entenda mais sobre o assunto com a opinião da dentista Kalina Diniz.

AS OPÇÕES DE CLAREAMENTO DENTAL

Em geral, existem duas técnicas de clareamento para deixar o sorriso ainda mais branquinho: a feita no consultório, com o dentista, e a feita em casa, também com a supervisão profissional. Em determinados casos, é possível, inclusive, aliar as duas técnicas e conseguir um efeito mais claro de forma progressiva e igualmente satisfatória. A escolha do método mais adequado é feita sempre respeitando as necessidades do paciente e a opinião do profissional.

MAS E DURANTE A GRAVIDEZ, EXISTEM RISCOS?

De acordo com Kalina, médicos e dentistas afirmam não existirem provas de que o clareamento representa algum risco para a mãe ou para o bebê. “Entretanto, o problema é que também não há dados suficientes para comprovar que se trata de um procedimento seguro durante a gestação”, pondera a dentista.

A especialista em dentística justifica que, tanto na técnica caseira como na feita a laser – nos consultórios -, as substâncias utilizadas provocam um processo oxidante nos dentes. Quanto a essa oxidação, ainda não se sabe ao certo se ela oferece algum risco para gestante e/ou seu filho. Sendo assim, a precaução parece ser o melhor caminho a ser seguido.

TALVEZ SEJA MELHOR ESPERAR

Por não ser um consenso entre os profissionais da área, e se tratar de um problema estético e não patológico, Kalina explica que a recomendação mais prudente é que a paciente espere mais um pouco. “Até depois do parto ou após o desmamar do bebê, para que o tratamento seja o mais seguro possível”, aconselha.

Sendo assim, até que esse momento mais adequado chegue, continue investindo em bons hábitos de higiene e não deixe de escovar os dentes sempre após as refeições. É possível diminuir – e muito – as manchas e amarelamento com utensílios já conhecidos, como a escova de dente, o creme dental e os enxaguantes. Investir na sua saúde bucal também é investir em um sorriso ainda mais bonito.
Fonte: Sorrisologia

      

Comentários

Nenhum Comentário