Bruxismo pode deslocar a mandíbula?

15057-o-bruxismo-pode-causar-diversos-problema-slider_medias-1
O bruxismo pode causar diversos problemas para a saúde, por isso deve ser acompanhado por um dentista. Mas será que o deslocamento da mandíbula esta entre eles? Diego Limoeiro explica os riscos dessa condição e o tratamento adequado

Um problema muito comum, o bruxismo pode passar despercebido pelo seu portador por acontecer mais durante a noite, quando a pessoa está dormindo. Dores de dente, na face e até dor de cabeça podem ser alguns indicadores. Além desses sintomas, graves impactos podem resultar desse quadro, atingindo os dentes e também outros aspectos da vida da pessoa. O Sorrisologia consultou o dentista Diego Limoeiro para esclarecer quais são os riscos dessa condição e se o deslocamento da mandíbula está entre eles.

BRUXISMO: UM PROBLEMA ALÉM DOS DENTES

O bruxismo pode resultar em impactos para os dentes com o desgaste deles, que pode se tornar severo e de difícil reconstrução. Em casos mais graves, há a possibilidade de ocorrer até mesmo a perda do elemento dentário. Mas os danos não param por aí. “O bruxismo é uma patologia complexa, com grande impacto na vida de uma pessoa”, diz o dentista.

Outra consequência negativa dessa doença, e também aparente, é o transtorno durante o sono. Esse incômodo ocorre no caso do bruxismo noturno, em que a pessoa range os dentes enquanto dorme. Quem apresenta esse quadro costuma dormir de lado, desconfortável com o barulho causado pelo bruxismo.

Um prejuízo menos evidente, que pode ir se desenvolvendo aos poucos, é o impacto na musculatura. É comum que os danos resultantes do bruxismo gerem dores de cabeça e também nas articulações temporomandibulares (ATMs). O mais preocupante é que esse quadro pode se tornar um fator de risco importante para o desenvolvimento de doenças degenerativas.

BRUXISMO PODE DESLOCAR A MANDÍBULA?

O deslocamento mais comum em decorrência de um quadro de bruxismo é o deslocamento do disco articular, que se interpõe entre as articulações. Nesse caso, esse disco acaba indo para frente – um pouco em alguns casos e muito em outros. “Essa situação pode dificultar a abertura da boca, gerando o que é chamado de trismo mandibular”, esclarece o dentista.

TRATAMENTOS DE ACORDO COM O AVANÇO DA CONDIÇÃO

Como tratamento primário é necessário interpor uma placa adequada para bruxismo. Essa placa servirá para impedir os desgastes dentários, e também para descomprimir a articulação. O dentista explica que o paciente passa a ter um reflexo de não apertar, e para isso ela deve ser ajustada com frequência. “Caso o bruxismo tenha gerado doenças musculares e/ou articulares, o tratamento será de acordo com cada caso”, afirma. O quadro de deslocamento mandibular poderá, a longo prazo, predispor o paciente a doenças degenerativas, o que aumenta a chance de algum procedimento minimamente ou mais invasivo. O principal é que quem apresenta bruxismo mantenha o acompanhamento de um dentista, que poderá indicar os melhores tratamentos e evitar os impactos que podem decorrer dessa condição.

Fonte: Sorrisologia

      

Comentários

Nenhum Comentário