Bruxismo pode causar sensibilidade? Especialista explica essa relação

foto1A sensibilidade pode surgir por conta de um bruxismo e este, por sua vez, pode surgir por quadros de estresse excessivo. O problema tem que ser tratado pela raiz e o quanto antes

 

O estresse é o mal do século. Não é difícil esbarrar com pessoas estressadas durante o dia, seja no trabalho, na rua, em casa. O problema gera doenças capazes de atrapalhar a saúde, inclusive o bem-estar do universo bucal. Todo o aumento de ansiedade, bem como a sensação de raiva ou frustração, pode levar ao bruxismo. “Considerado uma desordem funcional, na qual ocorre o apertamento ou atrição (ranger) entre os dentes superiores e inferiores”, conta o Doutor em Dentística-endodontia Cláudio Heliomar. Essa complicação pode levar a outras doenças bucais, como a sensibilidade dentária.

O bruxismo desgasta o esmalte dentário

“Com o apertamento ou ranger dos dentes, o esmalte sofre desgaste e fraturas, expondo a dentina e desencadeando a sensibilidade dental”, atenta. Sem esse proteção, o dente fica enfraquecido e mais propenso a complicações bucais como cáries, quebras e a própria perda dentária. Você não quer passar por isso, não é mesmo? O melhor jeito é descobrir e tratar o problema antes que seja tarde.

Tratamento multidisciplinar

Quando o assunto é bruxismo, a forma de tratamento precisa ser multidisciplinar, com o apoio de um time de profissionais qualificados no assunto como psicólogo, fisioterapeuta e cirurgião-dentista. Porém, antes de tudo, cabe ao dentista realizar o diagnóstico correto e o tipo de tratamento adequado para o paciente. “Pode ser desde a utilização de placas miorrelaxantes, uso de medicamentos ou, até mesmo, o emprego de toxina botulínica”, esclarece.

Mude seu estilo de vida

O nome parece magia, mas a verdade é que o bruxismo não aparece assim como nos filmes de ficção, num passe de mágica. Esse vilão surge por conta de problemas emocionais e distúrbios do sono que afetam sua vida noturna ou diurna. A mudança pode ser notada quando adota-se uma rotina de vida equilibrada. Pratique atividades relaxantes e que aliviam o estresse, como yoga, corrida e meditação. O convívio com os animais de estimação também mandam os problemas emocionais para bem longe.

Os benefícios de uma ida ao dentista

Além de afastar complicações bucais, fazer uma visitinha ao seu amigo odontologista traz outros benefícios para o bem e a preservação do sorriso. “Uma consulta ao dentista sempre é a melhor opção, além de reduzir o estresse e administrar a ansiedade presente na vida”, conclui o professor. Os pacientes passam por uma reciclagem sobre como praticar uma boa higiene bucal, aprendendo novas técnicas que vão desde passar o fio dental até o momento de fazer o bochecho com enxaguante sem álcool. Tudo isso pra manter seu universo bucal bem protegido e longe da sensibilidade.

Fonte: Sorrisologia

      

Comentários

Nenhum Comentário