5 maiores perigos para a saúde bucal durante a adolescência

13399-ser-jovem-e-sinonimo-de-independencia-m-slider_medias-1Ser jovem é sinônimo de independência, mas toda essa liberdade acaba trazendo vários perigos para a saúde bucal. Saiba como se protege

 

Eles estão descobrindo o mundo, mas nem sempre da forma mais segura possível. Em meio às novidades que os adolescentes encontram pelo caminho, é bem provável que algumas atitudes nada responsáveis sejam tomadas e acabem refletindo de maneira negativa no futuro. Os maus hábitos, como o tabagismo e a ingestão de bebidas alcoólicas são alguns exemplos capazes de prejudicar o bem-estar do sorriso na vida adulta. Para fugir desse cenário, a patologista Beatriz Venturini listou 5 maiores perigos para a saúde bucal durante a adolescência.

1- ALIMENTAÇÃO

Na adolescência, o jovem é pego de surpresa com muitas mudanças da época. Uma delas é a intensa atividade hormonal, que, segundo a profissional, altera os tecidos bucais e pode causar feridas, como aftas. “A alimentação balanceada é fundamental para melhorar a resposta imunológica e prevenir lesões”, comenta. A falta de nutrientes bons também pode acarretar uma anemia. Essa doença reflete em várias infecções bucais, como a candidíase intra-oral, a chamada língua careca (que pode estar associada à perda do paladar), rachaduras no canto da boca, aftas e sangramento na boca.

2- FALTA DE HIGIENE BUCAL

Ficar sem escovar os dentes é ruim em qualquer fase da vida, mas durante a adolescência a situação se torna mais delicada. A gengivite torna-se a maior vilã, tudo por conta da transição hormonal e a falta de limpeza também acaba colaborando. Para seu filho não ser pego de surpresa, veja se ele está fazendo uma higiene bucal correta. Pergunte se ele está usando o fio dental todos os dias e descubra se o enxaguante vem sendo incluído nessa limpeza.

3- FUMO

Segundo Beatriz, ele é uma das maiores causas do câncer de boca e de outras doenças bucais, como a periodontite. Existem muitos malefícios que o fumo traz para a saúde bucal, mas, mesmo assim, uma grande parte dos jovens acabam experimentando o seu primeiro cigarro na adolescência. O diálogo e a troca de informações é a melhor forma de manter o jovem longe desse vício e com um sorriso saudável na fase adulta.

4- BEBIDAS ALCOÓLICAS

Diversas pessoas confundem o consumo de bebidas alcoólicas com um hábito inofensivo. Mas este pode ser considerado, muitas vezes, como o primeiro passo para o alcoolismo. A bebida também traz muitos prejuízos para a saúde do sorriso, como o amarelamento dos dentes, mau hálito e o surgimento de cáries.

5- PIERCING NA LÍNGUA OU NA BOCA

Para muitos jovens o uso de piercing na língua ou no lábio significa estilo, mas se tratando de saúde bucal pode representar um perigo para a boca. A especialista conta que esses acessórios acabam causando úlceras, sangramento ou infecção. “A área fica difícil de higienizar e pode funcionar como um reservatório de bactérias, podendo inclusive causar mau hálito”, alertou. Para quem não quer abrir mão do acessório, é importante consultar um dentista antes de aderir à moda.
Fonte: Sorrisologia

      

Comentários

Nenhum Comentário